.
.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Servindo com prazer, amor e alegria.

Depois que Adão e Eva pecaram, foram expulsos do paraíso e condenados a viver sujeitos à dor, às dificuldades e à maldição do pecado.
Ainda assim, Deus mantinha contacto com as suas criaturas que tanto amava.
Adão, Eva e os seus filhos cultuavam a Deus, oferecendo-Lhe ofertas pacíficas.


Assim como nós, nos dias de hoje, Abel e Caim eram dois jovens que serviam ao Senhor, com o fruto do seu trabalho.
Mas haviam diferenças entre eles:

- Caim servia sem zelo, não demonstrando gratidão, amor, nem excelência ao servir a Deus.

- Caim não teve qualquer intenção de agradar a Deus, dando-lhe apenas dos frutos da terra que tinha e não o melhor do que a terra produzira, nem as primícias da colheita.

"...Um dia Caim pegou alguns produtos da terra e os ofereceu a Deus, o Senhor."
Gênesis 4:3


- Abel servia a Deus por amor ao Seu nome. Honrava-O de todo o seu coração, dando o que tinha de melhor para agradar ao seu Deus amado.

- Abel dava as primícias do seu trabalho, reconhecendo que era pela benção de Deus que o seu trabalho frutificava.

"Abel, por sua vez, pegou o primeiro carneirinho nascido no seu rebanho, matou-o e ofereceu as melhores partes ao Senhor..."
Gênesis 4:4


Deus reage de modo diferente a Abel e a Caim, destinguindo quem serve por amor, deseja fazer mais e melhor para Ele e quem apenas faz o ritual, por rotina.

- A oferta de Abel é aceite por Deus, em sinal de reconhecimento à sua dedicação em servir bem e agradar ao seu Senhor.
Deus honra sempre os servos fiéis, exalta e abençoa os humildes.

"...O SENHOR ficou contente com Abel e com a Sua oferta..."
Gênesis 4:4


- A oferta de Caim não é aceite, por não a ter feito com o propósito de agradar e agradecer as bençãos que Deus lhe tinha dado.
Deus abate os soberbos e os arrogantes, pois não Lhe são agradecidos.

"...mas rejeitou Caim e a sua oferta...."
Gênesis 4:4


Deus viu a actitude de Caim quando Ele o recusou e à sua oferta. Por amor a ele, advertiu-o para que não desse lugar ao pecado e aos maus sentimentos. Mas Caim preferiu irar-se contra Deus e odiar o seu irmão, pela inveja que sentia.
Um crente fiel, aprende a humilhar-se, ama o seu irmão e alegra-se que ele esteja bem, trata-o como seu superior e agrada-se que ele seja honrado por Deus.

"Então o SENHOR disse: -Porque você está com raiva? Porque anda carrancudo? Se tivesse feito o que é certo, você estaria sorrindo; mas você agiu mal, e por isso o pecado está na porta, à sua espera. Ele quer dominá-lo, mas você precisa vencê-lo."
Gênesis 4:6-7


Caim enganou Abel, convidando-o para ir até ao campo, com o intuito de aí o atacar.
Ele deixou-se levar pelo pecado. Os maus sentimentos toldaram a sua mente, que sobrepôs a vingança de um ego ferido, à ligação fraternal.

"Aí Caim disse a Abel, o seu irmão: -Vamos até ao campo."
"Quando os dois estavam no campo, Caim atacou Abel, o seu irmão, e o matou."
Gênesis 4:8


Caim tenta enganar também a Deus, mentindo acerca de Abel.
O pecado fê-lo ficar cego e esquecer que Deus é omnisciente e soberano.

"Mais tarde o SENHOR perguntou  a Caim: -Onde está Abel, o seu irmão?"
"-Não sei - respondeu Caim. -Por acaso eu sou o guarda do meu irmão?"
Gênesis 4:9


Deus castiga Caim, mas pelo seu imenso amor, tem misericórdia de sua vida.
Condena-o a viver errante pelo mundo e a não conseguir tirar o sustento da terra.
Mas, para que ninguém procurando a vingança de Abel, o matasse, colocou-lhe um sinal.

"E disse Deus: Que fizeste?..."
"Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força; fugitivo e vagabundo serás na terra."
"E pôs o SENHOR um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse."
Gênesis 4:10/12/15


Mais tarde, Deus abençoa Caim com um filho, Enoque. Ele foi alguém bem diferente, pois viveu sempre em comunhão perfeita com Deus. De tal modo era a sua intimidade com o Senhor, que foi levado por Deus, para Si, não conhecendo a morte física.

"E andou Enoque com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus para si o tomou."
Gênesis 5:24


Vale a pena sermos do Senhor, andarmos em constante comunhão com Ele e vivermos para o servir, com alegria e prazer, colocando a Seus pés tudo o que temos de melhor em nós (que Deus nos deu) para Sua honra, glória e exaltação.

Apenas em Deus encontramos um amor tão grande e profundo, capaz de entregar à morte o Seu único filho, para que fossemos libertos da escravidão do pecado, das correntes da morte e disfrutassemos novamente da perfeita comunhão com Ele - o nosso Rei e Senhor, atravez do nosso Libertador e Salvador  - JESUS.


Deus vos abençoe.

2 comentários:

esterduarte1960 disse...

É muito bom servirmos ao Senhor, de todo o nosso coração, sinceramente e com alegria. O próprio JESUS, o REI DOS REIS, veio para servir. Que cada um de nós, possa também servir uns aos outros.

Veja o que quizer, gratuitamente. disse...

Amén! Ajuda-nos a entender o quanto servir é importante e a fazer a nossa parte, para que toda a igreja seja tocada pelo Seu amor, poder e manifestação da presença e glória de Deus.

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...