.
.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Buscando os (nossos) sonhos de Deus

Todos nós sonhamos com um avivamento tremendo que possa varrer a Igreja do Senhor - que somos nós, de uma forma como nunca antes houve. Esse é o sonho e desejo de todos os que amam e seguem ao nosso Rei e Senhor Jesus Cristo.

Mas nós sabemos que avivamento sem dor não é possível. Largar tudo para seguir a Deus é bem difícil, assim como em tudo dar o primeiro lugar a Deus. Mas devemos viver para buscar a Sua presença! A igreja existe para viver em Deus... e Deus se manifestará no nosso meio! 


Nos dias de hoje temos muito entretenimento. Mas ele não passa de uma forma do inimigo tentar substituir a nossa verdadeira alegria que apenas Deus pode dar! 
A prova do avivamento em nós não são as nossas muitas atividades, mas a demonstração do poder de Deus na nossa vida... e entre nós. 

Nunca tivemos tantos meios como agora e tão pouco poder do alto em acção entre o povo... 
Hoje temos nas nossas mãos a Palavra de Deus completa e maravilhosa, assim como a possibilidade de viajar pelo mundo inteiro, acessibilidade via internet de alcançar praticamente todos os recantos do mundo "desenvolvido"... e nunca estivemos tão inoperantes como agora! 

Uma igreja cheia de conhecimento, meios técnicos, humanos e logísticos é algo muito bom, mas se no coração da congregação não habitar O Espírito Santo... podemos compará-la a um carro topo de gama, com todos os equipamentos extra que possamos imaginar, mas sem o combustível que é imprescindível para o colocar em marcha... 



Muitas vezes, podemos pensar que tudo o que fazemos e decidimos, por sermos filhos de Deus e termos o Espírito Santo em nós, se realizado numa atitude de agradar a Deus, Ele a aceitará, abençoará e fará prosperar. Mas não deverá ser o Senhor a abençoar os nossos próprios sonhos, mas nós a buscar quais os sonhos que Deus tem para nós e para O Seu povo neste lugar... 


Sonhos de libertação... 

Mesmo no vale da sombra da morte, sob a expectação do mal, clamando nós pelo nosso bendito Senhor, Deus enviará escape, libertação e vitória no Seu nome, consolidando a confiança dos mais velhos n'Ele e tornando a dar esperança aos mais jovens. Nesses momentos de dor, Deus dá-nos os Seus sonhos, quando em espírito de humildade e contrição, nos colocarmos em Suas mãos.

"Congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai as crianças, e os que mamam; saia o noivo da sua recâmara, e a noiva do seu aposento. Chorem os sacerdotes, ministros do Senhor, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó Senhor, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que os gentios o dominem; por que diriam entre os povos: Onde está o seu Deus? Então o Senhor se mostrou zeloso da sua terra, e compadeceu-se do seu povo."
"E vós, filhos de Sião, regozijai-vos e alegrai-vos no Senhor vosso Deus, porque ele vos dará em justa medida a chuva temporã; fará descer a chuva no primeiro mês, a temporã e a serôdia. E as eiras se encherão de trigo, e os lagares trasbordarão de mosto e de azeite. E restituir-vos-ei os anos que comeu o gafanhoto, a locusta, e o pulgão e a lagarta, o meu grande exército que enviei contra vós. E comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do Senhor vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o meu povo nunca mais será envergonhado. E vós sabereis que eu estou no meio de Israel, e que eu sou o Senhor vosso Deus, e que não há outro; e o meu povo nunca mais será envergonhado. E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões. E também sobre os servos e sobre as servas naqueles dias derramarei o meu Espírito." 

Joel 2:16-18/23-29


Sonhos de direção... 

O sonhos poderão não ser apenas para o futuro, mas também para o dia presente, uma forma de Deus nos conduzir, guiar e avisar. 

"Morto, porém, Herodes, eis que o anjo do Senhor apareceu num sonho a José no Egito,
Dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e vai para a terra de Israel; porque já estão mortos os que procuravam a morte do menino. Então ele se levantou, e tomou o menino e sua mãe, e foi para a terra de Israel. E, ouvindo que Arquelau reinava na Judéia em lugar de Herodes, seu pai, receou ir para lá; mas avisado num sonho, por divina revelação, foi para as partes da Galiléia. E chegou, e habitou numa cidade chamada Nazaré, para que se cumprisse o que fora dito pelos profetas: Ele será chamado Nazareno." 

Mateus 2:19-23 


"Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamenteE, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo;" 
Mateus 1:19-20 



Sonhos de aviso... 

Deus é um Pai amoroso. Ele conhece-nos como ninguém. Ele sabe a intenção com que fazemos todas as coisas. Em sonhos, Ele também nos alerta para que tomemos consciência de coisas que estamos fazendo e não sabemos que não lh'E agradam, impedindo-nos de fazer algo que nos trará muito dano. 

"E havendo Abraão dito de Sara, sua mulher: É minha irmã; enviou Abimeleque, rei de Gerar, e tomou a SaraDeus, porém, veio a Abimeleque em sonhos de noite, e disse-lhe: Eis que morto serás por causa da mulher que tomaste; porque ela tem marido. Mas Abimeleque ainda não se tinha chegado a ela; por isso disse: Senhor, matarás também uma nação justa? Não me disse ele mesmo: É minha irmã? E ela também disse: É meu irmão. Em sinceridade do coração e em pureza das minhas mãos tenho feito isto. E disse-lhe Deus em sonhos: Bem sei eu que na sinceridade do teu coração fizeste isto; e também eu te tenho impedido de pecar contra mim; por isso não te permiti tocá-la." 
Gênesis 20:2-6 

"E, enviando-os a Belém, disse: Ide, e perguntai diligentemente pelo menino e, quando o achardes, participai-mo, para que também eu vá e o adore. E, tendo eles ouvido o rei, partiram; e eis que a estrela, que tinham visto no oriente, ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino. E, vendo eles a estrela, regoziram-se muito com grande alegria. E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro, incenso e mirra. E, sendo por divina revelação avisados num sonho para que não voltassem para junto de Herodes, partiram para a sua terra por outro caminho." 
Mateus 2:8-12 



Sonhos para o futuro... 

Em sonhos, Deus mostra-nos aquilo que irá fazer no futuro. Esta é uma forma de conhecermos a Sua vontade, não só para a nossa vida, mas para O Seu povo, e para não desfalecermos, mas continuarmos esperando n'Ele! 

"Partiu, pois, Jacó de Berseba, e foi a Harã; E chegou a um lugar onde passou a noite, porque já o sol era posto; e tomou uma das pedras daquele lugar, e a pôs por seu travesseiro, e deitou-se naquele lugar. E sonhou: e eis uma escada posta na terra, cujo topo tocava nos céus; e eis que os anjos de Deus subiam e desciam por ela; E eis que o Senhor estava em cima dela, e disse: Eu sou o Senhor Deus de Abraão teu pai, e o Deus de Isaque; esta terra, em que estás deitado, darei a ti e à tua descendênciaE a tua descendência será como o pó da terra, e estender-se-á ao ocidente, e ao oriente, e ao norte, e ao sul, e em ti e na tua descendência serão benditas todas as famílias da terra; E eis que estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores, e te farei tornar a esta terra; porque não te deixarei, até que haja cumprido o que te tenho falado. Acordando, pois, Jacó do seu sono, disse: Na verdade o Senhor está neste lugar; e eu não o sabia." 
Gênesis 28:10-16 


"E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar;
E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. 
E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassemE em Jerusalém estavam habitando judeus, homens religiosos, de todas as nações que estão debaixo do céu. E, quando aquele som ocorreu, ajuntou-se uma multidão, e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua. E todos pasmavam e se maravilhavam, dizendo uns aos outros: Pois quê! não são galileus todos esses homens que estão falando? Como, pois, os ouvimos, cada um, na nossa própria língua em que somos nascidos? Partos e medos, elamitas e os que habitam na Mesopotâmia, Judéia, Capadócia, Ponto e Asia, E Frígia e Panfília, Egito e partes da Líbia, junto a Cirene, e forasteiros romanos, tanto judeus como prosélitos, Cretenses e árabes, todos nós temos ouvido em nossas próprias línguas falar das grandezas de Deus. E todos se maravilhavam e estavam suspensos, dizendo uns para os outros: Que quer isto dizer? E outros, zombando, diziam: Estão cheios de mosto. Pedro, porém, pondo-se em pé com os onze, levantou a sua voz, e disse-lhes: Homens judeus, e todos os que habitais em Jerusalém, seja-vos isto notório, e escutai as minhas palavras. Estes homens não estão embriagados, como vós pensais, sendo a terceira hora do dia. Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel: E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, Que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; E os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, Os vossos jovens terão visões, E os vossos velhos sonharão sonhosE também do meu Espírito derramarei sobre os meus servos e as minhas servas naqueles dias, e profetizarãoE farei aparecer prodígios em cima, no céu; E sinais em baixo na terra, Sangue, fogo e vapor de fumo. O sol se converterá em trevas, E a lua em sangue, Antes de chegar o grande e glorioso dia do Senhor; E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo." 

Atos 2:1-21 




Não busquemos em Deus a realização dos nossos sonhos, sejam eles quais forem... mas busquemos a Deus, para que Ele nos dê Os Seus sonhos, mais excelentes e mais altos que alguma vez poderíamos sequer imaginar!! 
Buscando e esperando em Deus, continuamente e em união, Ele mostrará aos nossos líderes o caminho a seguir, que estratégias usar e a forma como conduzir O Seu povo. Possa Deus dar-lhes também os Seus sonhos para eles mesmo e para a Sua igreja neste lugar! 







Deus vos abençoe. 

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

A sós com Deus, Ele nos prepara

É a sós com Deus que Ele nos prepara para o Seu querer.

O tempo que passamos aos Seus pés em oração são os momentos mais altos do nosso dia. Derramando todo o nosso coração, entre louvor e exaltação ao Seu nome, entre clamor e choro pelo Seu povo, dando graças por Quem Ele é, e pelos Seus feitos, recebemos conforto e ânimo para continuarmos confiando, esperando e enfrentando mais um dia. 

Deus, que vê o nosso interior, conhece o nosso coração. A oração sincera de um coração humilde e contrito fala mais alto a Deus que os lábios que proferem discursos complexos, cheios de palavras elaboradas! 

Quanto mais investirmos na oração a sós com Deus, pagando o preço da intercessão, mais o inimigo se irritará contra nós. As tentações virão mais fortes, mas estando nas mãos de Deus, o inimigo poderá apenas levantar pessoas contra nós, mas não nos poderá destruir. 


Deus levanta servos para Si de modos totalmente diferentes, chamando-os dentre as pessoas que menos se destacam, vindas dos lugares mais improváveis, ou mesmos transformando os de temperamento mais difícil ou rebelde:

- Moisés cresceu entre toda a idolatria do Egipto. 
- Gideão era um homem tímido e com baixa auto-estima. 
- José era um filho mimado pelo seu pai. 
- Davi era um simples jovem pastor de ovelhas. 
- Elias era de uma terrinha remota e desconhecida chamada Tisbe. 
- Eliseu era um simples agricultor. 
- Mateus era um dos odiados cobradores de impostos. 
- Pedro era um pescador de feitio forte e rude. 
- Paulo era um terrível inimigo da igreja. 

Deus chamou Paulo, enquanto Saulo, inimigo de Deus, zeloso perseguidor da igreja. Mas todos nós, enquanto estivemos longe d'Ele também o fomos. Mas Jesus morreu por todos nós, quando ainda éramos Seus inimigos. 

Da mesma forma que é Deus quem chama a quem quer e da forma que quiser, para a Sua obra, também é Ele Quem derrama o aviamento sobre o Seu povo, O Espírito Santo em poder para nos avivar e usar, mas quando assim o decidir e, do modo que o desejar. É nossa obrigação buscar A Deus e mantermo-nos preparados.

O avivamento não é uma campanha evangelística, não é um culto carismático, nem mesmo estratégias e esforço humano. A nós cabe-nos buscar a presença de Deus na nossa vida e Deus se manifestará no nosso meio. A Presença do Espírito Santo no meio do Seu povo não passa despercebido...

Do mesmo modo, se Deus não estiver presente entre nós, de nada aproveita o nosso muito esforço as muitas actividades e estratégias várias para conquistar e fixar aderentes. 
Vejamos os nossos irmãos na igreja primitiva  que, sob perseguição e constante ameaça de morte, nem as frias rochas das catacumbas romanas acalmavam os seus corações incendiados pelo fogo do Espírito Santo. E na convicção da fé e poder de Deus eles enfrentavam tortura até à morte, com ousadia, suportando tudo com alegria, por amor ao nosso grandioso Deus. 



O pensamento humanista mudou terrivelmente a nossa percepção de nós mesmos, enquanto ser humano. Longe vão os tempos em que os cristãos viviam inteiramente em função da vida eterna.
A melhoria das nossas condições de vida, os sistemas políticos democráticos, sendo coisas boas, levaram o homem "natural" a achar-se auto-suficiente e capaz por si mesmo, não procurando tão facilmente por Deus. 

Mas Deus permanece o mesmo. Ele é ainda o mesmo dos antigos tempos. Ainda é o mesmo da antiga aliança, pois não muda, permanece para sempre. Mas com a nova aliança, o preço dos nossos pecados já foi pago por Jesus e a ira de Deus Pai foi aplacada.
Deus, que é Misericordioso e Bom, continua sendo Fiel à Sua Palavra, e Justo. Continua sendo longânimo para connosco, mas não contenderá para sempre para com o homem. 

Enquanto não virarmos costas ao que alimenta o nosso ego e reconhecermos a nossa pobreza, fragilidade e fraqueza, diante do grandioso Deus, não poderemos ser cheios do Seu Espírito que enriquece a nossa alma, faz-nos enfrentar as tempestades e fortalece-nos no Seu Poder sem fim! 



Algumas afirmações de pregadores contemporâneos de "sucesso" não poderiam estar mais longe da Verdade bíblica: 

- "Fomos feitos para reinar..." 
Reinar, mas com Deus, lá no Céu. Quantos morreram em Cristo e foram escravos durante toda a sua vida aqui

"Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;
Mateus 5:3 


- "Deus quer curar a todos..." 
Alguns servos de Deus foram acometidos de vários problemas de saúde que permaneceram com eles, apesar de serem homens cheios do poder do Espírito Santo. 

"Não bebas mais água só, mas usa de um pouco de vinho, por causa do teu estômago e das tuas frequentes enfermidades." 
1 Timóteo 5:23 

"Erasto ficou em Corinto, e deixei Trófimo doente em Mileto." 
2 Timóteo 4:20 


- "Um filho de Deus tem que ser próspero financeiramente..." 
Deus promete dar-nos o suficiente, mas nunca prometeu dar grande riqueza material à sua igreja. 

"E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado. E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio." 
Lucas 16:22-23 


"Então Jesus, olhando em redor, disse aos seus discípulos: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas! E os discípulos se admiraram destas suas palavras; mas Jesus, tornando a falar, disse-lhes: Filhos, quão difícil é, para os que confiam nas riquezas, entrar no reino de Deus! É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus." 
Marcos 10:23-25 



- "Tudo o que pedirmos a Deus, Ele dará..." 
Tudo aquilo que perseverando pedirmos em oração Ele nos dará, desde que seja de acordo com a Sua Palavra e para o nosso real bem. 

"E os discípulos, vendo isto, maravilharam-se, dizendo: Como secou imediatamente a figueira? Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Em verdade vos digo que, se tiverdes fé e não duvidardes, não só fareis o que foi feito à figueira, mas até se a este monte disserdes: Ergue-te, e precipita-te no mar, assim será feito; E, tudo o que pedirdes em oração, crendo, o recebereis." 
Mateus 21:20-22 


"Abomináveis são para o Senhor os pensamentos do mau, mas as palavras dos puros são aprazíveis." 
"O Senhor está longe dos ímpios, mas a oração dos justos escutará." 

Provérbios 15:26/29 



- "Quem sofre está em falta para com o reino..." 
A culpa dos problemas, das doenças, das dificuldades nem sempre está no nosso pecado, mas é a forma de Deus ser glorificado na nossa vida. 

"E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego? Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus." 
João 9:2-3 


Vamos esquecer aquilo que o homem "natural" dá mais valor: as riquezas materiais, as posições de destaque, a sabedoria humana, os círculos de influências, as aparências, as capacidades humanas... 
...e vamos voltar a dar a maior importância ao tempo que estamos a sós com Deus, aos Seus pés, derramando o nosso coração, louvando e engrandecendo o nosso Salvador, intercedendo pelos nossos pastores e líderes, batalhando contra as investidas do inimigo e, recebendo a força, a paz e a alegria do Senhor!
E é Ele Quem nos faz atravessar o vale da sombra da morte sem temer mal algum, pois sabemos que Deus é o nosso Pai e confiamos plenamente na Sua Palavra, tendo a absoluta certeza de que Ele nos fará ultrapassar as adversidades, pois Jesus já as venceu por nós!!!


O temor e respeito ao Todo-poderoso Deus é necessário para que possamos dar o devido valor à maravilhosa Graça deste grandioso Deus de amor!!

"E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja baptizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo; Porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe, a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar. E com muitas outras palavras isto testificava, e os exortava, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa. De sorte que foram baptizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas, E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar." 
Atos 2:38-47


Deus já nos fez vencer o inimigo e todas as suas flechas inflamadas contra a igreja do Senhor. Mas não vamos ser ingénuos - provando as águas e discernindo pela Palavra de Deus, o que é verdadeiramente d'Ele e o que é do mundo.

"Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo. Nisto conhecereis o Espírito de Deus: Todo o espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus; E todo o espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus; mas este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e eis que já agora está no mundo. Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo. Do mundo são, por isso falam do mundo, e o mundo os ouve. Nós somos de Deus; aquele que conhece a Deus ouve-nos; aquele que não é de Deus não nos ouve. Nisto conhecemos nós o espírito da verdade e o espírito do erro. Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus."
1João 4:1-7


Já não tememos a condenação, uma vez que sabemos Quem nos amou primeiro. E é nossa obrigação amar também aos nossos irmãos. Ele já não nos vê como Seus servos apenas, mas como amigos...

"No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor. Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro. Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão."
Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro.
Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?
E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão.
1 João 4:19-21
1João 4:18-21


No entanto, o temor do Senhor, o respeito por Quem Ele é, a consciência de que Ele é Santo, Grande e Omnipotente, é ainda o princípio da sabedoria. O temor do Senhor faz-nos afastar do mal, não por medo das consequências, mas por respeito e amor ao nosso bendito Salvador! E Deus honrará o coração de um povo contrito e humilde que ama e respeita ao Seu Senhor!!





Deus vos abençoe.

sábado, 14 de janeiro de 2017

Usar redes rotas ou pagar o preço

"Pelo que Deus me enviou adiante de vós, para conservar vossa sucessão na terra, e para guardar-vos em vida por um grande livramento. Assim não fostes vós que me enviastes para cá, senão Deus, que me tem posto por pai de Faraó, e por senhor de toda a sua casa, e como regente em toda a terra do Egito." 
Gênesis 45:7-8 


No momento em que José revelou-se aos seus irmãos, ele declara-lhes entender que fora o propósito de Deus que ele fosse enviado para o Egipto, percorrendo todas as diferentes etapas necessárias para que Ele o pudesse usar para salvar, não só aqueles que o perseguiram e maltrataram por ciúmes - os seus irmãos, mas assim como ao Egipto e a todos os povos que viviam naquela enorme região em redor daquele país.


José era o filho especial, filho da mulher amada do seu pai, instruído nas letras desde pequeno, preparado para um futuro mais elevado. Mas quis Deus que ele fosse extirpado do seu lar, do conforto e proteção que o seu pai lhe dava, das mordomias e privilégios que recebia, para ser vendido como escravo.
José foi enviado para o deserto para que Deus trabalhasse na sua vida e o preparasse para os desígnios que tinha para a sua vida.


Falando acerca da minha experiência pessoal, como adulto da geração dos anos 70, numa altura em que, em Portugal, os computadores eram uma espécie de ficção científica e a internet ainda não existia, longe estávamos da possibilidade de que, décadas depois, surgissem os telemóveis inteligentes e as famosas redes sociais.

Hoje temos ao nosso alcance recursos que nunca antes imaginámos. Foi em 2007 que senti, da parte de Deus, o impulso em começar um canal do youtube, e mais tarde este blog em 2010, com a intenção de partilhar a Palavra de Deus e despertar a igreja adormecida.

Mas o advento das redes sociais como o facebook mudaram a forma como as pessoas, especialmente os mais jovens, se relacionam.

Não sendo defensor, nem actual utilizador, procurei saber como foram concebidas as redes sociais e qual o verdadeiro intento por trás de algo que é gratuito e, aparentemente, muito útil e com tão um grande alcance.
Encontrei então, um video no conhecido canal do youtube TED-Talk, em que o Dr. Cal Newport, cientista informático, com grande conhecimento de causa, deu uma palestra acerca das razões pela qual não usa nenhuma rede social e defende o não uso das mesmas (https://youtu.be/3E7hkPZ-HTk). 
Nesse video, o orador desmonta o que aparentemente é algo inofensivo e mostra-nos que estas redes foram criadas com o único objectivo de serem viciantes, para nos manter ligado dia e noite. Não admira que os seus fundadores sejam os homens mais ricos do mundo pois têm em suas mãos as preciosas informações das vidas de todo um mundo de utilizadores, que vendem a peso de ouro.

Este novo vício não difere dos demais e tem como consequência o isolamento, o sentimento de inadequação, o desperdício do nosso precioso tempo, o aumento dos níveis de ansiedade, a depressão e chega até a fomentar várias desordens mentais. 


A triste realidade é que muitos cristãos estão perdendo o seu tempo "lançando" estas redes rotas, com postagens tolas e infantis que para nada aproveitam, perdendo a oportunidade de lançar a verdadeira rede da salvação aos que os rodeiam.

Mas Deus está falando ao coração do Seu povo...
Deixemos tudo o que nos rouba o tempo e a nossa atenção e voltemos ao deserto, apenas com a Palavra de Deus.
Deus levou João Batista ao deserto, onde se fez homem, crescendo longe de todas as comodidades de uma vida comum e, segundo Jesus, ele foi o maior homem nascido de mulher que já andou sobre a terra.

"E, naqueles dias, apareceu João o Batista pregando no deserto da Judéia, E dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. Porque este é o anunciado pelo profeta Isaías, que disse:Voz do que clama no deserto:Preparai o caminho do Senhor,Endireitai as suas veredas. E este João tinha as suas vestes de pelos de camelo, e um cinto de couro em torno de seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e de mel silvestre." 
Mateus 3:1-4 


João Batista não se vendeu a nenhum ideal, a nenhum partido religioso, ramo teológico ou a quaisquer "patrocínios". Não havia ninguém a quem ele precisasse agradar senão ao próprio Deus. Por essa razão, ele não temia os homens e foi assim, alguém completamente usado nas Suas gloriosas mãos.

"Então ia ter com ele Jerusalém, e toda a Judéia, e toda a província adjacente ao Jordão; E eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados." 
Mateus 3:5-6 


Para Deus, um homem com aspeto selvagem vestido de peles de animais, que se alimentava de insectos e que tinha um discurso duro foi o maior homem que Ele já chamou e usou.

"E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus, que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura? Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento; E não presumais, de vós mesmos, dizendo: Temos por pai a Abraão; porque eu vos digo que, mesmo destas pedras, Deus pode suscitar filhos a Abraão. E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo." 
Mateus 3:7-10 



Há um remanescente verdadeiramente fiel a Deus em cada congregação. Aqueles que estão dispostos a enfrentarem o descrédito, a afronta, a perseguição e a luta espiritual constante, por amor a Deus. Aqueles que não procuram ser conhecidos, que não desejam fama ou protagonismo, mas que anseiam pelo mover do espírito de Deus entre o povo e pelo despertar dos que se chamam pelo Seu nome, mas que ainda dormem...

Possamos todos nós fazer parte desse remanescente fiel!






Deus vos abençoe.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

A verdadeira igreja de Cristo

Jesus fundou a Igreja para que sejamos a Sua voz e a Sua mão na terra.
Deus salvou-nos e fez-nos parte do corpo dos Seus salvos, daqueles que foram lavados e regenerados pelo Seu sangue purificador derramado na cruz do Calvário, por amor ao Seu nome e à Sua criação, por imerecida misericórdia.

Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular.
E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.
1 Coríntios 12:27,28
"Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular. E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas."
1 Coríntios 12:27-28
Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular.
E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.
1 Coríntios 12:27,28


Deus deu-nos o poder de sermos sal e luz do mundo. E, assim foi, para que possamos atrair os perdidos à salvação ao exercer o puro amor de Deus uns para com os outros e ao conservarmos a pureza e a Verdade da Sua Palavra, viva num mundo que está moribundo e em trevas. 

Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;
Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa.
Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.
Mateus 5:14-16
"Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;"
Mateus 5:14



Mas o grande poder acarreta também uma grande responsabilidade...


- Uma congregação que não convença o mundo da existência de Deus pelo amor que existe entre os seus membros, não é certamente, na sua totalidade, verdadeiramente Igreja de Deus. 

"Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus."
Mateus 5:16 

"Vós sois o sal da terra;"
Mateus 5:13(a)

- Uma congregação cujos membros não anunciam aos perdidos a Salvação, é porque não crê verdadeiramente no Poder de Deus.

"E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus. Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demónios; de graça recebestes, de graça dai."
Mateus 10:7-8

- Uma congregação cujos membros não mostram ser diferentes do mundo, nem exercem amor e integridade onde habitam e trabalham, não convence o mundo da presença de Deus nela.

"...se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens." 
Mateus 5:13

"Eu, porém, vos digo que não resistais ao mau; mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra;"
Mateus 5:39 

- Uma congregação que não seja um lugar de refúgio para os perdidos e para os sem esperança, mostra não ter O amor de Deus, nem a Salvação para ofertar.

"Jesus, porém, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas, sim, os doentes. Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento."
Mateus 9:12-13 

- Uma congregação que não ouve, chora, admoesta, ora junto, se alegra e leva as cargas uns dos outros, não é uma verdadeira família espiritual.

"Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;" 
Mateus 5:4

- Uma congregação que não faz frente às heresias, às falsas doutrinas, às "novidades" dos tempos, mas aceita e vive conforme elas, está sendo usada para levar muitos à condenação eterna.

"Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem."
Mateus 7:13-14

"Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim abrogar, mas cumprir. Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til jamais passará da lei, sem que tudo seja cumprido."
Mateus 5:17-18 

- Uma congregação cujos líderes não são "boca" de Deus mas seguem a homens, a presença de Deus é limitada e a Sua acção é severamente diminuída.

"Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus." 
Mateus 5:19

- Uma congregação que não se levanta contra o inimigo, nem faz frente às trevas, é dominada por ele. 

"Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis."
Mateus 7:15-16(a)




Quando somos verdadeiramente Igreja de Deus temos o poder de:


- amar os perdidos incondicionalmente (não os julgando pela vida de pecado que levaram, mas demonstrando grande amor e perdão para com todos),

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
Mateus 11:28

"Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;"
Mateus 5:7

- suportar as afrontas e as investidas constantes do inimigo (sendo perseguido especialmente pelos falsos crentes que são usados pelo espírito de satanás),

"Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
Mateus 5:11

- clamar, chorar e interceder pelos que nos maltratam (levantando falsos testemunhos e conspirando contra nós),

"Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;" 
Mateus 5:44

- colocar a vida e o bem-estar dos outros acima de nós mesmos (sendo magoado constantemente e suportando por amor a Deus e ao próximo), 

"Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas. Acautelai-vos, porém, dos homens; porque eles vos entregarão aos sinédrio, e vos açoitarão nas suas sinagogas; E sereis até conduzidos à presença dos governadores, e dos reis, por causa de mim, para lhes servir de testemunho a eles, e aos gentios."
Mateus 10:16-18

- ouvir a voz de Deus e ter grande intimidade com Ele (para que sejamos guiados, consolados, levantados e usados nas Suas mãos), 


"Mas, quando vos entregarem, não vos dê cuidado como, ou o que haveis de falar, porque naquela mesma hora vos será ministrado o que haveis de dizer. Porque não sois vós quem falará, mas o Espírito de vosso Pai é que fala em vós."
Mateus 10:19-20

- ter o privilégio de testemunhar milagres e maravilhas do próprio Deus na nossa vida (escapes tremendos, protecção maravilhosa, redireccionamento estrondoso da nossa situação, conhecimento de eventos futuros de antemão e tudo aquilo que O grandioso Deus tiver para nos revelar),
  
"Senhor, salva-nos! que perecemos."
"...Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança."
Mateus 8:25(b)-26(b) 

...de forma que, sendo verdadeiramente Igreja, possamos atrair os perdidos a Deus, ajudando-os até à Salvação e continuar intercedendo por todos, enquanto estivermos neste mundo, para que a obra do Senhor cresça e se fortaleça. 



Quando não somos verdadeiramente Igreja de Deus temos o poder de: 


- mostrar indiferença pelo próximo (não demonstrando amor, nem compaixão),

"E, Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e possuído de íntima compaixão para com ela, curou os seus enfermos.
Mateus 14:14

- ser usado pelo espírito do inimigo para perseguir a verdadeira igreja do Senhor (levantando falsos testemunhos, mentindo e traindo aqueles que chamamos de irmãos), 

"...o joio são os filhos do maligno; O inimigo, que o semeou, é o diabo;..."
"Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles colherão do seu reino tudo o que causa escândalo, e os que cometem iniquidade. E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes. Então os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai."
Mateus 13:38(b)-39(a),41-43(a) 

- pisar nos nossos irmãos para atingirmos os nossos objectivos de protagonismo (usando de lisonja com os líderes e de artimanhas),

"Guardai-vos de fazer a vossa esmola diante dos homens, para serdes vistos por eles; aliás, não tereis galardão junto de vosso Pai, que está nos céus. Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens."
Mateus 6:1-2(a)

Guardai-vos de fazer a vossa esmola diante dos homens, para serdes vistos por eles; aliás, não tereis galardão junto de vosso Pai, que está nos céus.
Mateus 6:1
- colocar-mo-nos acima de todos os outros (olhando primeiro para o nosso próprio benefício em detrimento de o dos demais), 

"Basta ao discípulo ser como seu mestre, e ao servo como seu senhor." 
Mateus 10:25(a) 

- ouvir a voz dos falsos mestres e do nosso próprio coração enganador e impenitente (não tendo verdadeira comunhão com Deus nem discernimento da Palavra de Deus que nos leva a seguir todo o vento de falsa doutrina), 

"Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem. Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, fornicação, furtos, falsos testemunhos e blasfémias."
Mateus 15:18,19 

- ser espiritualista e não espiritual (demonstrando uma falsa espiritualidade que não vem de Deus mas apenas de sentimentos e desejos do nosso próprio coração egoísta), 

"E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.
Mateus 10:38

...de forma que, se não formos verdadeira Igreja, seremos usados pelo inimigo para afastar aqueles que, estando cansados e oprimidos, vêm em busca de Deus, mas agindo nós de forma a que se escandalizem, afastam-se do caminho da Salvação, o que leva a que a congregação jamais cresça ou amadureça em Deus. 



Vamos voltar à Palavra de Deus, buscando aos pés do Senhor a unção e a direcção para as nossas vidas. Possamos nós aprender com o Bom Mestre que a todos nós tanto ama!
 
"Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas." 
Mateus 11:29 





Deus vos abençoe.

domingo, 21 de agosto de 2016

Exercendo graça, em amor

 
"Certo dia Davi perguntou: — Será que alguma pessoa da família de Saul ainda está viva? Se está, eu quero fazer alguma coisa boa para essa pessoa, por causa de Jônatas. Havia um empregado chamado Ziba, da família de Saul. Alguém lhe disse que fosse falar com o rei Davi. — Você é Ziba? — perguntou o rei. — Sim, sou eu mesmo, às suas ordens! — respondeu ele. E o rei lhe perguntou: — Ainda existe alguém da família de Saul para quem eu possa fazer alguma coisa boa, como prometi a Deus? Ziba respondeu: — Sim. Existe um filho de Jônatas. Ele é aleijado dos dois pés. — Onde está ele? — perguntou o rei. — Na casa de Maquir, filho de Amiel, na cidade de Lo-Debar! — respondeu Ziba. Então o rei Davi mandou buscá-lo. Quando Mefibosete, filho de Jônatas e neto de Saul, chegou, ele ajoelhou-se e encostou o rosto no chão diante de Davi em sinal de respeito. Davi disse: — Mefibosete! — Às suas ordens, senhor! — respondeu ele. — Não fique com medo! — disse Davi. — Eu serei bondoso com você por causa de Jônatas, o seu pai. Eu lhe darei de volta todas as terras que pertenciam ao seu avô Saul, e você será sempre bem-vindo à minha mesa. Mefibosete se curvou novamente e respondeu: — Eu não valho mais do que um cachorro morto! Por que o senhor é tão bondoso comigo? Então o rei chamou Ziba, o empregado de Saul, e disse: — Eu estou devolvendo a Mefibosete, o neto do seu patrão, tudo o que pertencia a Saul e à sua família. Você, os seus filhos e os seus empregados cultivarão a terra para a família do seu patrão Saul e farão a colheita para que eles tenham comida. Mas Mefibosete comerá sempre à minha mesa. Ziba tinha quinze filhos e vinte empregados. Ele respondeu: — Farei tudo o que o senhor mandar. Daí em diante Mefibosete passou a comer junto com o rei, como se fosse filho dele. Mefibosete tinha um filho pequeno chamado Mica. Todos os que eram da família de Ziba se tornaram empregados de Mefibosete. Assim Mefibosete, que era aleijado dos dois pés, ficou morando em Jerusalém e todos os dias comia junto com o rei." 
2 Samuel 9:1-13 


Ninguém de nós é merecedor da misericórdia de Deus, pois tomos somos pecadores, espiritualmente fracos e aleijados diante do Senhor. Mas pela misericórdia de Deus, através do sacrifício de Jesus na cruz, por nós, Ele agora vê-nos como limpos pelo sangue de Jesus.

David lembrou-se da promessa que fizera ao seu bom amigo Jonatas e cumpriu a sua palavra, ajudando a quem restava da linhagem de Saúl, ainda que fossem considerados seus inimigos.
Ele agiu com graça para com Mofibosete, da casa de Saúl, apesar de ser um homem inválido, levando-o para a sua própria casa, onde comia à mesa com ele. 

A graça de Deus levanta-nos e leva-nos à Sua mesa, mesmo que sejamos como "um cão morto", sem nenhum valor aparente aos nossos olhos, nem para os que nos rodeiam. Deus fez-nos Seus filhos, filhos do Rei dos reis, recebendo agora das Suas bênçãos e graça sem fim. 

Da mesma forma que Deus age conosco, também devemos nós agir para com os outros.
Não vamos viver para nós apenas, mas primeiro para agradar e servir ao Senhor, também servindo, ajudando e levando os outros à salvação.




Deus vos abençoe. 

sábado, 20 de agosto de 2016

Enfrentando os nossos obstáculos

"Jesus foi com ele, e seguia-o uma grande multidão, que o apertava. Ora, certa mulher, que havia doze anos padecia de uma hemorragia, e que tinha sofrido bastante às mãos de muitos médicos, e despendido tudo quanto possuía sem nada aproveitar, antes indo a pior, tendo ouvido falar a respeito de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou-lhe o manto; porque dizia: Se tão-somente tocar-lhe as vestes, ficaria curada. E imediatamente cessou a sua hemorragia; e sentiu no corpo estar já curada do seu mal. E logo Jesus, percebendo em si mesmo que saíra dele poder, virou-se no meio da multidão e perguntou: Quem me tocou as vestes? Responderam-lhe os seus discípulos: Vês que a multidão te aperta, e perguntas: Quem me tocou? Mas ele olhava em redor para ver a que isto fizera. Então a mulher, atemorizada e trêmula, cônscia do que nela se havia operado, veio e prostrou-se diante dele, e declarou-lhe toda a verdade. Disse-lhe ele: Filha, a tua fé te salvou; vai-te em paz, e fica livre desse teu mal." 
Marcos 5:24-34 


Para esta mulher, sofrida e angustiada, esta era a sua última oportunidade de ser curada. 
Ela teve de vencer a sua fragilidade física, consequência da sua doença.
Os vícios, as doenças e as tentações pelas quais passamos são as nossas limitações. Assim como foi para esta mulher, é para nós também necessário tocarmos em Jesus! 

- Esta mulher teve de vencer o preconceito religioso, cultural e legal da sua época. 
O preconceito leva à baixa auto-estima, ao isolamento e depressão. Somos nós, igreja, quem devemos valorizar e investir tempo nos que nos rodeiam e precisam de Deus! 

- Ela teve de vencer o tempo da adversidade.
É certo que as amarguras e as feridas na alma tendem a piorar com o passar do tempo. As nossas lutas podem durar muitos anos, mas no tempo de Deus o livramento virá! 

- Ela teve de enfrentar a doença e a dor durante doze anos.
A sua doença ia de mal a pior. Há momentos em que todos ficamos abatidos, em "rotura existencial". Nós não podemos fazer tudo, apenas pudemos lutar até um certo ponto, mas Deus pode tudo fazer. Para que Deus nos possa libertar das amarras que nos reprimem e impedem de prosseguir, entreguemos todas as coisas nas Suas mãos. 

- Ela teve de lidar com a distância que a afastava de Jesus.
Ainda que a distância fosse um grave impedimento , ela agiu com a fé sobrenatural em Deus, confiante que Jesus a iria certamente curar!
Quando tocamos n'Ele nós sentimos o Seu verdadeiro poder na nossa vida! 

- Ela teve de reconhecer publicamente que Jesus é Deus!!
O seu testemunho perante todos condenaria-a pelo delito religioso e social que fizera por todas na multidão das gentes que rodeavam Jesus, estando impura pela sua hemorragia, mas ainda assim ela fê-lo!
O nosso testemunho perante os outros pode condenar-nos ao afastamento social, perda de emprego ou (nalguns países) até à própria morte, mas o quão poderosa é a história de vida de um cristão fiel a Deus na sociedade...


"Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens. Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração." 

2 Coríntios 3:2-3 





Deus vos abençoe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...