.
.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Na ingratidão, o mundo acusa Deus.

Será que Deus é intolerante ao ponto de permitir apenas um único caminho de salvação para o mundo?
Será que Ele é assim tão "injusto"?


Se considerarmos Deus... Totalmente Santo e irrepreensível... Que pela sua infinita criatividade, colocou todo o Seu amor na criação de um mundo maravilhoso... e para que houvesse equilíbrio nele, estações do ano, dia e noite, criou um universo tão extenso como jamais conseguiremos imaginar e tão perfeitamente sincronizado como nenhum relógio poderá jamais imitar... enchendo-o de toda a variedade de animais, grandes e pequenos, frágeis e robustos, aves que dominassem o céu e colorissem os arvoredos... e plantas,  verdejantes e viçosas, umas imponentes, outras delicadas e floridas... paisagens cheias de beleza e demonstrações do enorme prazer com que formou tudo... ficamos imediatamente apaixonados por tanto amor!

E esse mesmo Deus criador de todo o universo, criou-nos a nós, coroa da Sua criação, à Sua imagem...
soprando o Seu próprio fôlego em nós, dando-nos o poder de dominar o mundo, o meio onde estamos e domesticar os animais que nos rodeiam... capazes de pensar e reflectir, comparar e decidir... de criar, mudar, transformar e construir... e de falar, comunicar e aprender... não conseguimos entender tamanha dedicação!

Se pensarmos que recebemos gratuitamente toda a sorte de bênçãos das Suas mãos, dando-nos apenas a tarefa de espelhar-mos a Sua santidade e o Seu carácter... e uma única restrição, muito fácil de cumprir: apenas não comer do fruto de uma das árvores que estava no jardim, a árvore do conhecimento do Bem e do Mal... pensamos no privilégio que recebemos das Suas mãos.

Se atentarmos para o facto de que bastou estarmos um pouco sem a presença de Deus, para começarmos a ouvir a antiga serpente, que nos segredou os seus astutos argumentos... para nós acreditarmos que aquele Magnífico e Tremendo Deus, que nos dera tudo, mais do que jamais poderíamos ter sonhado ou imaginado... não queria que fossemos conhecedores do bem e do mal, para que não fossemos como Ele... e então desejamos ser iguais a Deus, como o diabo já antes tinha desejado... desafiamos e violamos a Lei de Deus e comemos o fruto... tornando-nos conhecedores daquilo que Deus sabia que não poderíamos suportar... sentimo-nos realmente tremendamente ingratos!

Quando nos damos conta que Deus tinha-nos avisado que se infringíssemos a Sua Lei, morreríamos... Ele então podia ter eliminado a raça humana da face da terra, nessa mesma altura... e teria sido perfeitamente justo, pois todos merecíamos morrer... mas em vez disso, não o fez... vestiu-nos da nossa nudez... e lançou-nos fora do jardim, para longe da árvore da vida, para que não vivêssemos para sempre e houvesse oportunidade para nos Salvar e levar novamente até Si... compreendemos que a Bondade, Compaixão e o Amor de Deus não têm mesmo fim.

Se pensarmos que Deus altíssimo, apesar de tão magoado e entristecido, providenciou então um caminho para salvar-nos da nossa terrível condição... enviou-nos, a nós que rejeitamos tudo o que nos dera e fizera por nós, o Seu próprio filho, o Seu único e amado filho, para que viesse ao mundo, como homem e vivesse entre nós, mantendo-se totalmente santo e puro... e levasse sobre Si próprio todos os nossos pecados e transgressões... é difícil de entender o quando o Seu amor é sem fim, tão grande que nos é impossível entender!

Mas nós não entendemos, não O aceitamos, nem O recebemos... e matamo-l'O numa cruz horrível... lugar de sofrimento atroz, de tortura física e psicológica sem medida, de humilhação e escárnio terrível... onde suportou o peso de todas as iniquidades de uma humanidade inteira... e a tremenda e agoniante dor da separação do Seu próprio Pai, com o qual sempre estivera, mesmo desde a formação do mundo... e ainda assim... recebemos gratuitamente, pela enorme Graça de Deus, Salvação por meio de Jesus... se tão somente O aceitarmos como nosso único e verdadeiro Salvador, honrarmos e confiarmos n'Ele... Deus nos perdoa, limpa totalmente e livra-nos da condenação eterna, pelo sacrifício do Seu filho Jesus!

Ele levar-nos-á para um lugar onde não haverá mais morte, nem lágrimas, perversidade, dor ou sofrimento... e onde seremos para sempre felizes com Ele!!


Como podemos então questionar Deus acerca de apenas dar-nos um único caminho para a Salvação, um único mediador entre Deus e os homens, um só Salvador?

Jesus foi o único que morreu por nós. Deu a Sua vida por amor a nós. Veio à terra, cresceu, sujeitou-se à condição humana, sofreu humilhação, fez-me servo, sofreu escárnio e tortura, derramou o Seu precioso sangue e expirou por amor a nós, miseráveis pecadores, ingratos e não merecedores de nenhuma graça...

Jesus é o único que ressuscitou e ainda está vivo, na presença do Pai e intercede em nosso favor.

Jesus foi o único que NUNCA pecou. Totalmente santo, totalmente puro, irrepreensível, recto, imparcial, digno e merecedor de toda a Honra, toda a Glória e Poder!


Quem poderá levantar-se contra Deus e afirmar que Ele não fez o suficiente, que um só caminho para a Salvação é insuficiente, ou que Ele é intolerante ou injusto?


Deus tenha misericórdia de nós, pois somos tão fracos, por vezes tão maus que magoamos o coração do Senhor com as nossas atitudes conscientes, por vezes tão desprezíveis, tão mesquinhos, indignos e por vezes tão tremendamente ingratos por tanto amor...

Mas felizmente Deus não é homem, não vê como nós vemos, nem pensa como nós pensamos... Deus é realmente maravilhoso e nada, nem ninguém jamais se comparará a Ele.

"Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?"
Números 23:19

"Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente..."
Daniel 3:17-18

Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós."
Romanos 8:34

Bendito seja o nome de Deus para todo o sempre!


Deus vos abençoe.

1 comentários:

esterduarte1960 disse...

Nosso coração está profundamente grato a Jesus pelo que Ele é,o filho único de Deus, santo e irrepreensível, que veio ao mundo para salvar todo o pecador que se arrepende dos seus pecados. Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a salvação.

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...