.
.

sábado, 7 de setembro de 2013

Insurgindo-se contra a família


No dia 13 de Maio deste ano de 2013, cerca de 200 000 pessoas, cegas pela religião, foram ao santuário de Fátima para renovar votos à imagem e comemorar a consagração do reinado do Papa Pio a "Fátima", assim como João Paulo II que "consagrou o mundo" ao "coração de Maria", na praça de S. Pedro, no Vaticano, dia 25 de Março de 1984. Para esse efeito, o Papa João Paulo II pediu que lhe levassem a Imagem de Fátima da "capelinha das aparições" ao Vaticano, onde prostrado, repetiu o acto de entrega ao ídolo, que já havia feito em Fátima, Portugal, a 13 de Maio de 1982. 

Muitos crêem neste ídolo como sendo algo genuíno e divino, mas nós sabemos a Verdade, pois Deus se tem revelado a nós, que "Fatima" ou "Maria aparecida" são apenas mais uma manifestação dos espíritos das trevas, sob o domínio de satanás, que procura ser adorado por todos, e é cultuado tanto pelo ocultismo como pelo catolicismo, apesar de muito não terem a noção do que estão fazendo.


Curiosamente, o atual papa, Francisco, é também o primeiro Jesuíta a assumir o Trono do Vaticano.  


Os jesuítas, outrora chamados de Templários, os "famosos" cavaleiros das Cruzadas (que o cinema em tantos filmes "imortalizou"), são os que fizeram guerra aos povos "hereges", pilhando, matando em "nome de Deus", difamando o cristianismo por todo o mundo. 

Diziam lutar "em nome de Deus" mas, em segredo, adoravam (e adoram) "baphomet" que é representado por uma caveira de boi, uma das muitas formas com que satanás é adorado pelos que o servem. 
Estes eram uma parte da igreja católica romana, escondida, oculta em mistério, mas reunidos à igreja mãe e trazidos à luz da ribalta pelo póstumo papa João Paulo II, antes da sua morte. 
Em 1300 anos, nunca um jesuíta fora sequer seleccionado para poder vir a ser o papa. 


Determinado a conseguir alcançar a simpatia do mundo, Pio dedica-se às pessoas de uma forma que nos lembra João Paulo II, chegando até a ser fotografado a impôs as mãos sobre os que estão doentes.
De forma a agradar ao povo, o seu "reinado" começou com inúmeras beatificações de "fiéis" e mártires.

Para que conheçamos mais e entendamos um pouco melhor o que de tão perto nos rodeia, há que saber que os jesuítas constituem uma sociedade secreta, criada para pôr fim à reforma protestante e que se tem mantido no anonimato após ao seu suposto afastamento pela igreja católica, e que voltou à ribalta com a decisão de Bento XVI de aceitar os jesuítas como parte da igreja católica romana, novamente.

O líder máximo dos jesuítas controla várias sociedades secretas, como a maçonaria, e é chamado de "papa negro", pois detém imenso poder sobre muita gente influente no mundo inteiro e mantém-se em oculto, frequentemente longe dos olhares dos media. 


A semelhança do catolicismo com o ocultismo, satanismo e bruxaria é muito grande. Tudo gira em torno de rituais, superstição e misticismo. 
Assim como para os ocultistas, o número 13 é "venerado" e assim como o "666", tem grande importância e significado para eles.  É em datas em volta do número 13 que muitos acontecimentos importantes no seu meio ocorreram e que geralmente escolhem para praticar muitos dos seus principais rituais, também no catolicismo pode-se constatar essa preferência.

A numeralogia, amplamente enraizada nas várias formas de ocultismo, mostra o quanto intima é a ligaçao do Vaticano com o inimigo e o quanto veneram satanás com tudo o que fazem. 




A título de exemplo podemos enumerar apenas alguns fatos curiosos acerca do numero "13": 

- O atual papa chama-se Jorge Mario Bergoglio e tem 76 anos (7+6=13). 
- Ele escolheu o nome de "Papa Francisco" (13 letras) para reinar. 
- Foi elegido no dia 13/03/2013 (1+3+3+2+1+3=13), exatamente 13 dias após a renúncia de Bento XVI. 
- A missa de Inauguração do pontificado de Francisco foi realizada em 19/03 (1+9+3=13). 
- A data da suposta primeira aparição foi a 13 de Maio de 1917. 
- Muitas mais se seguiram em vários dias 13, em Portugal e uma também em Espanha.
- No dia 13/05/1981, João Paulo II sofreu um atentado no meio da Praça de São Pedro. - Tornou-se papa aos 58 anos de vida (5+8=13). 
- O seu pontificado durou 9301 dias (9+3+1=13). 
- Faleceu na 13ª semana do ano. 
- Quando faleceu tinha 85 anos (8+5=13). 
- A data de sua morte foi 02/04/2005 (2+4+2+5=13). 
- A hora de sua morte: 21h37min (2+1+3+7=13). 
- Ele foi o 265º papa (2+6+5=13). 
- E o seu nome "Papa João Paulo" assim com "Papa Francisco" também tem 13 letras.



Não nos deixemos enganar pela subtiliza e aparência de piedade do papa atual. 
Aquando era o cabeça da igreja católica na Argentina defendeu as uniões de fato, os casamentos homossexuais e o aborto. Ultimamente, após forte campanha de aparência de humildade e gestos de mansidão, está novamente mostrando o que verdadeiramente vem fazer em seu pontificado - defender a morte dos inocentes (defendendo o aborto), tentar acabar com a família como base da sociedade (defender os direitos dos gays "pintando-os" como os pobres marginalizados) e difundir o pecado como sendo normal e aceitável (aceitando bispos e padres homossexuais). 



Para que entendamos a extensão da influência maligna sobre este papa, vejamos este excerto de uma notícia acerca da polémica entrevista com o papa Francisco:



"Seis meses depois de seu pontificado, o papa Francisco lançou ondas de choque... com a publicação de suas observações afirmando que a igreja tem vivido "obcecada" com os temas ABORTO, CASAMENTO GAY e CONTRACEPÇÃO, e que ele havia tomado a decisão de não falar sobre estas questões, apesar das recriminações de muitos que o criticavam. 


Os seus surpreendentes comentários surgiram numa longa entrevista, na qual criticou a igreja por colocar os dogmas antes do "amor", e por priorizar as doutrinas morais acima de servir os "pobres" e "marginalizados". Ele articulou a sua visão de uma igreja abrangente, uma "casa para todos" - que contrasta fortemente com a visão do seu antecessor, o Papa Bento XVI , que defendia a doutrina e que idealizou uma igreja menor, com menos membros, mas mais "pura".

Francisco disse ao entrevistador, um colega seu, membro jesuíta : "Não é necessário estar sempre a falar sobre estas questões. Os ensinamentos dogmáticos e morais da igreja não são todos equivalentes.O ministério pastoral da Igreja não pode viver obcecado com a transmissão de uma multidão incoerente de doutrinas a serem impostas insistentemente. 

"Temos que encontrar um novo equilíbrio!", continuou o papa, "Caso contrário, mesmo o edifício moral da igreja é provável que venha a cair como um castelo de cartas, perdendo a frescura e o perfume do Evangelho."

...As suas palavras evocadas com gratidão e esperança por muitos católicos liberais que se sentiram ficar de fora, durante os pontificados de Bento XVI e seu predecessor, João Paulo II, que, juntos, somaram 35 anos. Alguns católicos afastados da igreja, deram a entender pelos meios de comunicação social, que iriam retornar à igreja, e líderes dos direitos dos homossexuais e grupos católicos gays insistiram com vários bispos a abandonar a sua luta contra o casamento gay. 

..."Eu vejo a igreja como um hospital de campo após a batalha ", disse Francisco." 

...Desde o início de seu pontificado, em Março, Francisco, ...optou por usar os holofotes globais para focar o mandato da Igreja para servir os pobres e oprimidos . Ele lavou os pés dos prisioneiros juvenis, visitou um centro para refugiados e abraçou peregrinos, sem ter proteção, entre os que o ouviam. A sua presença pastoral e gestos humildes fizeram dele muito popular entre os católicos norte-americanos...

...é a primeira vez que Francisco explicou o raciocínio por trás de ambas as suas ações e omissões. Ele também expandiu os comentários que fez sobre a homossexualidade em Julho, num avião de volta para Roma, a partir de Rio de Janeiro, onde ele celebrou o Dia Mundial da Juventude. ...O novo papa disse: "Quem sou eu para julgar ? "Na época, alguns questionaram se ele estava se referindo apenas a gays no sacerdócio, mas nesta entrevista ele deixou claro que ele tinha sido falando de gays e lésbicas em geral." 

link - http://www.nytimes.com/2013/09/20/world/europe/pope-bluntly-faults-churchs-focus-on-gays-and-abortion.html?_r=1&



Fica claro que o papa Francisco é altamente usado nas mãos de satanás, preparando o mundo (toldando o seu entendimento e deturpando todos os valores cristãos e morais) de forma a que seja preparado para a chegado do "iníquo", o "homem da perdição", aquele que pratica e implementa a iniquidade, chamando o bem de mal, e o mal de bem.  
Resta-nos aguardar o reaparecimento dos movimentos de perseguição da igreja de Jesus, incitados pelos ensinamentos deste papa (e outros anticristos). 



"E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre. Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos, por onde conhecemos que é já a última hora. Saíram de nós, mas não eram de nós; porque, se fossem de nós, ficariam conosco; mas isto é para que se manifestasse que não são todos de nós. E vós tendes a unção do Santo, e sabeis todas as coisas. Não vos escrevi porque não soubésseis a verdade, mas porque a sabeis, e porque nenhuma mentira vem da verdade. Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? É o anticristo esse mesmo que nega o Pai e o Filho. Qualquer que nega o Filho, também não tem o Pai; mas aquele que confessa o Filho, tem também o Pai. Portanto, o que desde o princípio ouvistes permaneça em vós. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também permanecereis no Filho e no Pai. E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna. Estas coisas vos escrevi acerca dos que vos enganam. E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis. E agora, filhinhos, permanecei nele; para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança, e não sejamos confundidos por ele na sua vinda. Se sabeis que ele é justo, sabeis que todo aquele que pratica a justiça é nascido dele." 
1 João 2:17-29 




Tudo o que o papa atual está defendendo e incutindo nas vossas gerações é para acabar com a família como o centro da sociedade...
Vejamos como:










Infelizmente, não é apenas a igreja católica romana que está sendo usada para disseminar o engano para preparar o caminho para a chegada do "anticristo" que a Biblia nos relata. Também muitas igrejas, ditas evangélicas, estão sendo usadas para adormecer os crentes e, se possivel, enganar até os escolhidos... 





Deus vos abençoe.

2 comentários:

KLE SANTS disse...

Excelente postagem! Esta é a realidade dos nossos dias atuais. Deus o abençoe!

Samuel Luz disse...

Obrigado irmã Kle: Sigo com regularidade o seu blog também.
Deus a continue a abençoar.

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...